26 julho, 2007

PEQUENOS INCIDENTES OCORRIDOS NA PALESTINA HÁ CERCA DE DOIS MIL ANOS (2)


— Que cara é essa?
— Você queria que eu estivesse como? Faz quatro dias que não aparece freguês! Quatro dias!
— Estranho. Que será que aconteceu?
— Sei lá. Só sei que desde que aquele sujeito com sotaque de Nazaré apareceu por aqui, os clientes sumiram.
— Que coisa!
— Pois é. Nunca mais vendi um pão!

...................................

— Foi exatamente assim. Desde então, ela nunca mais sangrou.
— Puxa! Nem "naqueles dias", cara?
— Não. Nem "naqueles dias".
— E os efeitos colaterais?
— Da menstruação? Também sumiram, rapaz. Não tenta me bater, não grita, não atira vasos. Fica calminha, calminha.
— Mas isso é uma milagre!
— Nem me fale. Bendito Jesus!

...................................

— Quantos?
— Quinze. E vocês?
— Trezentos e vinte e quatro. Ganhamos de novo.
— Droga!
— Vamos mais uma?
— Vamos. Mas agora Jesus pesca do nosso lado.

...................................

— E então, barbudo? Vamos tentar novamente. Qual o seu nome?
— Jesus de Nazaré, delegado. Mas pode me chamar de Filho do homem, a seu dispor.
— Pela última vez, amigo: cê tá pensando que eu sou trouxa? Não ouviu eu dizer que o tal Jesus morreu três dias atrás!
— Eu ressuscitei.
— Putz! Nunca vi desculpa mais ridícula. Tudo bem, pode voltar pra sua cela. Isso que dá fazer plantão em pleno Pessach. Só dá louco. Meu Deus!
— Chamou?

6 comentários:

Jens disse...

Clap! Clap! Clap!
(A contragosto, evidentemente).

edu disse...

E - logo eu!! - nunca tinha visto as coisas por esse lado! :-) Morri de rir!

R.C disse...

hahaha esse ai ta demais, no doubt.

abrax

RF

Jorge Sobesta disse...

James, seu blasfemão!

Deixa a carola da minha mãe ler essas piadas.

Ficaram impagáveis!

Grande abraço.

alexandre r. disse...

genial.

Moacy Cirne disse...

Continuo dando gaitada que só vendo! Ou melhor, ouvindo!!!