23 março, 2007

O MITO DA CRIAÇÃO SOB A PERSPECTIVA DA GRAMÁTICA NORMATIVA


No princípio era o Verbo. E Deus disse:

— Faça-se a análise sintática!

Então surgiram o sujeito, o predicado nominal, o adjunto adverbial e o zero na média de Português. E Deus fez uma coordenada assindética e achou bom. Mas, como não havia ninguém para usar aquelas maravilhas, Deus criou o aparelho fonador e, em torno dele, o homem. E o homem agradeceu e disse:

— Muitcho obrigado, Incelência!

E Deus não achou nada bom. Irritado, fez o raio com o único intuito de lançar na cabeça do homem, que gritou:

— É relâmpio!

E Deus ficou verdadeiramente puto e, jogando o raio, disse:

— Fala direito, ignorante!

E o homem respondeu:

— Ai, caraio! Bateu bem no meu estombo!

Então Deus deu um grito de pura revolta e inventou o cólera, o escorbuto, as erupções vulcânicas, o apêndice, o Piauí, a unha encravada, o horário eleitoral gratuito e a axé music. E Deus achou pouco e fez o chicote, com o qual deu uma lambada no homem, perguntando:

— Vai falar direito ou não vai, seu jumento?

E o homem coçou a bunda e disse:

— Unxe, unxe, como tá irritadinho! Parece que sofre de sistema nervoso!
.
Então Deus ficou realmente embocetado da vida e inventou o terremoto, a avalanche, os furacões, o câncer, a íngua, o exame de próstata, a dieta à base de saladas e, extrapolando e abusando um pouco de seu poder, a música sertaneja. Então, virando-se para o homem com autoridade, perguntou:

— Satisfeito, ô antamonga?

— Eitcha! Quanta brabeza! Apois num se pode dizer mai nada não, é?
.
Então Deus não agüentou e, depois de contar até um bilhão, novecentos e setenta e sete, incorporou o Dr. Fritz, arrancou uma costela do homem e fez dela uma mulher. E, só para ele aprender, em seguida fez a TPM. E a mulher disse:

— Onde é que você estava até agora? Isso são horas de chegar em casa?

— Mas, mas... muié, se foi você que...

— Não quero saber! E cadê o jantar que você não providenciou ainda? Anda pegar esse javali que eu tô com fome, vamo!

E Deus achou bom e riu de se esbaldar. Mas o homem, não:

— Pô, e pra se diverti? Num vai tê um pouco de séquiço?

E Deus concedeu e inventou os órgãos sexuais. Mas, pra sacanear, inventou também a ejaculação precoce, a impotência e a moda dos anos 80. E Deus achou hilário e disse de Si para Consigo:

— Eu sou um gênio. Fiz uma obra de fato inconceituável! Simplesmente... Inconceituável?...

E Deus ficou em dúvida e foi consultar o Aurélio. E em seguida, revoltado por ter cometido um erro crasso, inventou o Telecurso 2000. E a autoflagelação.

Nenhum comentário: